quarta-feira, 30 de março de 2016

Filhx Existencial


Pai, acho que tem um monstro debaixo da minha cama.
Mãe, meu irmão não para de encher o saco.
Pai, me conta de novo aquela história?
Mãe, posso ir na casa dos meus amigos?
Pai, aquele menino fica me chamando de nomes feios na escola.
Mãe, por que sempre fica me empurrando dietas?
Pai, por que você não fala comigo?
Mãe, você não me acha bonita?
Pai, você não me ligou nas últimas semanas.
Mãe, eu não quero ter filhos.
Pai, não quero terminar essa faculdade.
Mãe, não diga como eu devo me sentir.
Pai, acho que nunca vou ter sucesso profissional da maneira que você espera.
Mãe, talvez eu nunca ache uma pessoa para casar.
Pai, eu também estou cansada da falta de dinheiro.
Mãe, não consigo me abrir para você se você nunca está bem.
Pai, eu não entendo ainda o que estou fazendo aqui.
Mãe, por que viver é tão difícil?
Pai, como você consegue levantar da cama?
Mãe, eu quero ir embora de mim.

Pai, mãe... Eu já sou boa o bastante?

Pai, mãe... Já vivi o bastante?  

Pai, você acha que eu vou ser feliz?
Mãe, você acha que eu serei livre?
Pai, você acha que existe algo especial esperando por mim?
Mãe, você acredita que eu vou alcançar o que eu desejar?

Pai, mãe... às vezes acho que não vai dar pé.
Pai, mãe... às vezes acho que não sou real.
Papai, mamãe... Podem me abortar?