quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Inerte




Podes fazer algo para quebrar essa parede
Que fiz como proteção?
Às vezes não consigo sentir
Me questiono se algum dia fui real
Acho que existe algo dentro de mim… e é frio.

Meus olhos procuram ao redor por sentimentos
Porque meu coração está seco
E a chuva nunca veio.
Havia algo que eu pudesse ter feito tempos atrás?

Dou uma breve mirada no espelho
E não consigo reconhecer essa pessoa...
Argh!
Uma vez ela era brilhante, agora está inerte.

Sua alma pelo menos está com você?
Vejo o desespero em ti
O mesmo desespero em mim
Você está sozinho.