quinta-feira, 12 de março de 2015

O Pior dos Invernos



Tem esse tempo que muda o humor
De desavenças, orgulho e rancor
Não há mal absoluto que dure para sempre.

E quando enfrentei o pior dos invernos
Eu descobri
que tenho verão dentro de mim.

Às vezes me sinto tão perdida.
E aqui estou vencida.
E a solidão me faz esquecida.

Foi quando enfrentei o pior dos invernos
Que eu entendi
Eu tenho verão dentro de mim.
E a escuridão se foi, enfim.